Um jeito infalível de se livrar do Purgatório: recorrer a Nossa Senhora do Carmo

Artigo visto: 143

As promessas de salvação que acompanham o escapulário estão sujeitas às retas disposições da pessoa que o usa

Há um local perto de onde o profeta Elias morava que é um dos lugares mais “bíblicos” da terra. Está a 530 metros acima do nível do mar, pairando alto sobre a costa do Mediterrâneo. Foi lá que Elias rezou a Deus, pedindo que Ele salvasse Israel de uma seca terrível.Ele orou e pediu a seu servo que subisse a montanha e procurasse sinais de chuva. Na sétima tentativa, o servo de Elias retornou, exclamando: “Eis que uma pequena nuvem que parece com o pé de um homem se levantou do mar”. Logo depois, chuvas torrenciais caíram sobre a terra seca. As plantações cresceram, os animais prosperaram e as pessoas foram salvas. O lugar se chama Monte Carmelo.

Ao longo dos séculos, muitos eremitas viveram lá e, seguindo o exemplo de Elias, rezavam continuamente pela chegada da tão esperada Virgem que se tornaria a mãe do Messias. Os primórdios da Ordem Carmelita remontam a Elias e aos eremitas do Monte Carmelo. Muitos consideram esses eremitas os primeiros carmelitas. Eles viveram na região durante os séculos XII e XIII e construíram uma capela dedicada à Virgem Maria, a quem chamavam de Estrela do Mar.

No século XIII, Simon Stock estava em peregrinação à Terra Santa. Ele foi eleito o sexto superior geral dos carmelitas. No domingo, 16 de julho de 1.251, Simon Stock estava ajoelhado em oração quando Nossa Senhora apareceu para ele. A Santíssima Mãe disse-lhe:

“Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”.

O escapulário tornou-se conhecido como Escapulário Marrom, para diferenciá-lo de outros sacramentais promovidos por membros de ordens religiosas. Seis meses depois, em 13 de janeiro de 1252, a ordem recebeu uma carta de proteção do Papa Inocêncio IV, defendendo-os de qualquer assédio ou negação deste evento.

Com base na tradição da Igreja, três condições devem ser cumpridas para obter os benefícios deste do escapulário:

(1) Usar o Escapulário Marrom devidamente abençoado por um sacerdote;

(2) Observar a castidade de acordo com o estado da vida;

(3) Rezar o Rosário.

O dia da festa de Nossa Senhora do Monte Carmelo é 16 de julho, o mesmo dia em que apareceu a Simon Stock. É interessante notar que Simon Stock nunca foi oficialmente canonizado, apesar de ser venerado pelos carmelitas desde 1564. E com a aprovação do Vaticano, ele teve sua festa definida para o dia 16 de maio.

Fonte: pt.aleteia.org

Curta nossa página no Facebook