Destaque
Arcebispo convoca fiéis a voltarem às missas: Se podem ir à praia, também podem ir à igreja

Arcebispo convoca fiéis a voltarem às missas: Se podem ir à praia, também podem ir à igreja

Total de Visualizações 14 , Visto hoje 2 

REDAÇÃO CENTRAL, 29 set. 20 / 03:20 pm (ACI).- O Arcebispo de Teresina (PI), Dom Jacinto Brito, convocou os fiéis a retornarem à participação presencial nas Missas e ressaltou que, se as pessoas podem ir à praia, podem também frequentar a Igreja.

A declaração do Prelado se deu no contexto da retomada das atividades após um período de isolamento social devido à pandemia de coronavírus.

“Se você pode ir a supermercado, farmácia e até a praia, você também por ir à missa, pois nossas igrejas estão todas preparadas e seguras para recebê-los”, afirmou Dom Jacinto, segundo o site da Arquidiocese de Teresina.

O Arcebispo recordou que “o auge da pandemia se deu quanto todos os nossos templos estavam fechados, inclusive a basílica de São Pedro, na Itália”. “Não foi através da nossa Igreja que o vírus se espalhou, e agora que estamos na linha azul de segurança, com índice decrescente de casos e óbitos provocados exclusivamente pela Covid, convoco a todos os fiéis que retomem a participação na missa”, exortou.

 

Pediu ainda para que, “se for preciso, aumentem a quantidade de celebrações diárias”, a fim de que os fiéis possam participar presencialmente das Celebrações Eucarísticas, seguindo o limite de do número de pessoas que podem ingressar nos templos.

Segundo a Arquidiocese de Teresina, as Igrejas estão autorizadas a receber pessoas com até 50% da sua capacidade de lotação, respeitando todos os critérios de distanciamento, como a sinalização dos bancos, uso de máscara e álcool em gel acessível.

Além disso, na liturgia da Santa Missa, está suspenso o cumprimento da paz de Cristo e a Eucaristia deve ser entregue diretamente na mão do fiel.

Dom Jacinto Brito lembrou que, em março, “infelizmente, movidos pelo cuidado com a vida, a preservação da saúde das pessoas” foi preciso “fechar as nossas igrejas”.

Naquela ocasião, antes dos casos da Covid-19 se confirmarem na região e as autoridades civis municipais e estaduais decretarem quarentena, a Arquidiocese de Teresina orientou o recolhimento e isolamento social. Nesse período, a igreja católica suspendeu celebrações litúrgicas e evitou eventos com aglomerações.

Agora, seis meses depois, – indicou o Prelado – “peço que voltemos a participar presencialmente das celebrações, pois a Igreja é fundamentalmente comunidade de fiéis”.

Apesar da ampliação de participação, a Arquidiocese orienta que pessoas acima dos 60 anos e crianças continuem acompanhando as celebrações de casa, através das mídias digitais.

Fonte: www.acidigital.com